A pandemia marcou de diversas maneiras a vida das pessoas. Os alunos do 6º ano da Escola Básica de Arazede deixaram as suas impressões e vivências (medos, anseios, desejos…) sobre esta fase tão atípica: a pandemia, a quarentena, o E@D...



No âmbito do tema desenvolvido nos DAC “Aprender com saúde e segurança”, foi proposto aos alunos a produção de um texto no qual eles exprimissem o que sentiram e vivenciaram ao longo destes últimos tempos.

Depois, enquanto pintores por um dia, transpuseram a sua escrita para a pintura de uma tela.

Um momento de aprendizagem, descontração, convívio e cooperação entre todos, alunos e professores, que contou ainda com uma atuação musical, na qual os alunos cantaram uma canção, cuja letra foi um retrato dos seus sentimentos, vivências e experiências em tempos que, apesar de todas as contingências, foi possível “Aprender com saúde e segurança”!

 

Canção

Sem saber…

 

Fomos mandados p´ra casa

Mudou-se o nosso cenário

A escola foi encerrada

Não festejámos o aniversário.

 

Ganhámos novas rotinas

Valeu-nos os computadores

Que usámos todos os dias

P´ra estarmos com os professores.

 

Classroom, Google Meet

Foi o pão de cada dia

O convite vinha no link

E a password esquecia.

 

Mas…tudo se foi compondo

Lá nos fomos habituando

Tudo aquilo era novo

E estudar…só de vez em quando.

 

Refrão

Liga a net, cai a net

Mas que ganda trapalhada

O Professor que não repete

Vê-se a malta desatinada.

 

E o tempo lá foi passando

Só nos víamos no ecrã

As saudades iam apertando

Nunca mais era amanhã.

 

Queríamos voltar a brincar

E na escola aprender

Foi preciso muito esperar

P´ra nos voltarmos a ver.

 

Em setembro nos encontrámos

A escola estava diferente

O que mais valorizámos

Foi estarmos com tod´a gente.

 

Sem saber…sem saber

Continuámos alunos, crianças

Não parámos de crescer

Num mundo cheio de mudanças

Que nunca mais iremos esquecer!